Escolha o seu idioma

AI4PA

Descrição

O Polo de Inovação Digital, AI4PA, envolve o meio académico, empresarial e a Administração Pública com o objetivo de potenciar o acesso a Inteligência Artificial e a Ciência de Dados.  

A nossa missão é capacitar as entidades públicas para que utilizem a inteligência artificial e a ciência de dados para melhorar a qualidade e a eficácia dos seus serviços, otimizando processos, tomando decisões mais informadas e oferecendo soluções mais eficientes aos cidadãos.  

O IPPS-Iscte gere um catálogo de formação modular para adaptar às necessidades das entidades da Administração Pública.  

Contacte-nos para juntos montarmos o seu plano de formação personalizado.

Formação

É fundamental criar competências especializadas para apoiar a maturidade do Estado a nível digital, o que só será possível através de um ambiente encorajador da transformação digital da Administração Pública (AP). O IPPS apresenta uma oferta formativa, à medida, ancorada nesses objetivos de política e nas principais tendências de mercado. 

Esta tipologia de formação possibilita uma capacitação direcionada para as necessidades digitais específicas dos organismos públicos, garantindo que os profissionais da AP central adquiram as competências necessárias para atender aos desafios tecnológicos e às ferramentas inovadoras que surgem no seu ambiente de trabalho.  

As competências digitais chave incluem Inteligência Artificial, Ciência de Dados e Big Data, Qualificação em Competências Digitais Avançadas, Soluções Digitais para a Interoperabilidade da AP, e Computação de Alto Desempenho. 

Os cursos de formação à medida em competências digitais inserem-se na operação do Pólo AI4PA Portugal, resultante da aprovação da medida n. º8, Digital Innovation Hubs para o Empreendedorismo, executada no âmbito do Plano de Ação para a Transição Digital, publicado na Resolução do Conselho de Ministros (RCM) n.º 30/2020, de 21 de abril.

Público-Alvo

Profissionais da Administração Pública central (técnicos superiores, dirigentes intermédios e superiores), legisladores e reguladores em competências e ferramentas digitais inovadoras aplicadas a problemas específicos da Administração e das políticas públicas, tendo em conta as dimensões tecnológica, social e ética da transição digital. 

Parcerias

Formação